• Inclusão e Sensibilização Social

Quando a ansiedade nos bate à porta...

Para assinalar o Dia da Saúde Mental, os voluntários da Agora Aveiro receberam um workshop sobre Gestão de Ansiedade, dado pela Psicóloga Drª Sofia Andrade

Tempo estimado de leitura: 2 minutos e 6 segundos

Desde 1992, a Federação Mundial de Saúde Mental instituiu o Dia Mundial da Saúde Mental. Têm, até hoje, o objetivo de promover o aumento do conhecimento público sobre a saúde mental. Num mundo onde problemas como ansiedade, depressão e outros problemas mentais são cada vez mais naturais, torna-se necessário falar deste tópico e da importância do seu tratamento. 

Assim, hoje, 10 de outubro, como forma de assinalar este dia, a Agora Aveiro decidiu fazê-lo não com um projeto, mas com a capacitação da nossa equipa sobre uma das temáticas mais comuns da saúde mental - a ansiedade.

“Não sou capaz”, “Vou-me magoar”, “E se…?”, “Vai correr mal”... Já ouviram estas expressões em algum lado? Provavelmente este tipo de pensamentos já passaram pela cabeça da maior parte de nós, se não de todos nós, quando nos encontramos mais ansiosos. Na maioria das vezes, é despoletada pelo medo - de nos magoarmos, de errarmos, de desiludirmos alguém que nos é importante. Infelizmente, nem sempre conseguimos identificar a origem das nossas ansiedades, mas antes que as coisas piorem, não podemos nunca esquecer que podemos sempre procurar quem nos possa ajudar.

O último ano e meio foi o período em que mais se falou de ansiedade (“Ansi” para os amigos). Esta está presente nas nossas vidas, no nosso dia-a-dia. No entanto, se para uns é uma companheira com a qual nos habituamos a lidar… Para outros, torna-se incapacitante ao ponto de precisarmos de ajuda profissional.

A pandemia veio dar mais poder à “Ansi”, por isso, ficámos muito contentes quando a Psicóloga Doutora Sofia Andrade aceitou o nosso convite para partilhar com a nossa equipa os seus conhecimentos e práticas para conseguirmos lidar melhor com este obstáculo. O workshop acabou com voluntários felizes e prontos a combaterem os seus demónios mentais, certos de que um dia em breve também conseguirão ajudar alguém na mesma situação.

No entanto, nunca te esqueças: às vezes, tudo o que precisamos para nos acalmarmos é um abraço forte, sentido, que nos faça ter os pés bem assentes na Terra e que nos dê força para lutar contra tudo que nos aflija. 

Para saberem mais sobre o fantástico trabalho da Drª Sofia Andrade podem visitar o seu site ou Página do Facebook.

Ana Sofia Mendes

10-10-2021