• Desenvolvimento Sustentável

De bolotas a árvores na terra

Os alunos do Agrupamento de Escolas Rio Novo do Príncipe de Cacia semearam e plantaram cerca de 1200 árvores

© Helder Berenguer, João Simões

No dia 19 de Fevereiro, os alunos do Agrupamento de Escolas Rio Novo do Príncipe de Cacia foram até à Reserva Natural das Dunas De São Jacinto plantar cerca de 1200 árvores, e nós estivemos lá para os ajudar.

É impossível ignorar a gravidade do estado de preservação e conservação das nossas florestas quando há dias em que nuvens de fumo se abatem sobre as cidades enquanto mares de chamas consomem florestas, casas e vidas. Isto não passa ao lado dos mais pequenos. O “Semear o Futuro” nasceu porque as crianças estavam preocupadas. Com vontade de fazer algo, mas sem saber o quê.

Começámos por ir a uma escola, depois a todas as outras escolas primárias da cidade de Aveiro falar sobre espécies autóctones, a floresta, quais as suas ameaças, poluição e polinizadores. Falámos sobre o que podemos fazer e fizemos seed bombs, uma mistura de argila e substrato com sementes no interior. Este ano pudemos fazer isto durante as celebrações dos dias do ambiente que ocorreram no Parque da Cidade em Aveiro, no ObservaRia e BioRace em Estarreja, e no Agrupamento de Escolas de Rio Novo do Príncipe de Cacia.

As seed bombs voaram das mãos das crianças para o solo da Reserva Natural da Dunas de São Jacinto para ajudar a criar cobertos vegetais que combatem a desertificação e a propagação de espécies invasoras e aumentem a qualidade e o sucesso das nossas florestas e daqueles que dependem delas. Mas estas crianças também não são de ficar paradas, são trabalhadoras e estão focadas na sua missão. Germinaram 1274 árvores e cuidaram delas até estar na hora de partirem para uma nova casa. Além das seed bombs, plantaram carvalho-alvarinho, sobreiros, pinheiro-manso, medronheiros e gilbardeiras.

Mas não pensem que são só os jovens que têm os olhos num futuro mais verde, porque os Aveirenses sabem que têm um papel importante e não desiludiram. Durante a “Green Friday” fizeram compras em lojas de comércio local que se converteram em 766 árvores a ser plantadas, e estiveram presentes na altura de pegar na enxada.

Este projeto vai além do que é feito nos workshops de seed bombs, na campanha da “Green Friday”, e além do seu contributo para a Reserva de São Jacinto, porque isto desperta algo nas pessoas. Perceber que o seu tempo e energia e impacto se multiplica nas crianças e que desperta nelas a vontade de fazer mais faz todos nós querer fazer um pouco mais. Acorda nos outros aquilo que a nós nos faz querer ser Guardiões da Natureza.

O "Semear o Futuro” e “Green Friday" são ações integradas no Projeto “Plantar o Futuro. O “Semear o Futuro” conta com o patrocínio da Sementes de Portugal e Argex. A “Green Friday” é coorganizada pelo Agrupamento de Escolas de Novo Príncipe - Cacia, CORDA e Município de Aveiro. Contam com o patrocínio da Ecomobile - Aluguer de Automóveis. Têm ainda o apoio do IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. e do Programa Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas.

Liane Carvalho

20-02-2020