Valentino

Os ajudantes do Cupido deixaram algumas surpresas pelo caminho no dia 14 de fevereiro!

© Helder Berenguer

Neste dia de São Valentim, os ajudantes do Cupido tinham apenas um objetivo: aquecer o coração dos Aveirenses com pequenos gestos. Assim, saímos à rua para espalhar murais apelativos pela cidade de Aveiro.

Sim, recorremos a matemática, mas a fórmula era simples e qualquer um conseguiria responder. 1+1 nem sempre é igual a dois. No final de contas, a soma de um casal, família, amigos ou algo mais que amigos, pode ser igual a uma casa, pode ser o que faz bater o coração, ou pode ser tão quente que faz chama.

O primeiro mural esteve à saída da estação de comboios, no qual a população se deparou com um coração cheio de ternura. O segundo mural esteve perto do Fórum: uma casa, a representar um lar, uma família de sangue ou uma família de escolha. O terceiro e último mural, para os mais atrevidos, e para aquecer um pouco o clima da nossa cidade, uma chama, que se encontrou no Pavilhão Professor Doutor Aristides Hall da Universidade de Aveiro.

Não dar por eles era difícil, e bem houve quem aceitasse o desafio e tirasse uma foto ou duas. Mais uma forma diferente de celebrar uma data tão conhecida.

Este projeto teve o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude I.P.

Beatriz Meneses

15-02-2020