O Free Hugs Squad ataca de Novo

No passado dia 1 de maio, o Free Hugs Squad foi para as ruas da cidade de Aveiro distribuir abraços grátis.

A ação, integrada no projeto “Random Acts of Kindness” (Atos Aleatórios de Bondade), visa promover a integração social e o espírito comunitário, demonstrando como pequenos gestos podem ter um grande impacto na melhoria do bem-estar de quem nos rodeia.

Os nossos cartazes dos “Abraços Grátis” já são reconhecidos por muitos, contudo, já carregam algumas evidências dos anos de uso. Assim, passámos alguns dias a criar novos cartazes com desenhos alusivos a abraços e mensagens em vários idiomas.

Às 14H30, começou uma invasão à cidade que durou cerca de 2 horas. Iniciando-se no Cais da Fonte Nova, passando pelo Fórum de Aveiro, e toda a extensão do Rossio, terminou na Sede da Agora Aveiro. Intercetámos ainda a já habitual manifestação no dia do trabalhador, distribuindo abraços e sorrisos pelos participantes.

Entre turistas curiosos, querendo registar o momento com as suas próprias câmaras fotográficas, crianças, jovens, adultos e idosos, habitantes da cidade, foram muitas as pessoas que aderiram a esta ação.

É lindo ver aquelas pessoas que até querem um abraço mas têm vergonha de dar, ou algum distanciamento porque afinal somos um bando de jovens de t-shirt vermelha (em dia de protestos), sedentos por abraços, prontos a atacar!

“É lindo ver pessoas que correm do outro lado da estrada de braços abertos para dar aquele abraço, lá está, só porque sim.” Este foi o testemunho de Diogo Cardoso, um dos jovens que participou na iniciativa.

Abordando as dificuldades que sentiu durante a iniciativa e destacando a sua importância, Jéni Soares, referiu:

"(…)cada vez mais as pessoas têm dificuldade em se comunicar, o afeto e contacto físico é nulo ou difícil de se fazer, até para mim, e para muitos que participaram nesta iniciativa. Saltamos para a rua com cartazes a dizer "abraços grátis" e fomos abraçar as pessoas, alguns recusaram, outros vieram a correr ter connosco, muitos adoraram e ficaram contentes e preenchidos com o abraço! […] Na nossa vida precisamos de coisas que nos inspirem e esta é uma delas!"

Também Beatriz Santos, outro membro da equipa que ajudou a espalhar alegria pela cidade de Aveiro, partilhou:

“Abraçar não tem que ter um motivo, não tem que ter segundas intenções. Abraçar é receber um carinho, é receber amor por parte de alguém, ficar com a alma cheia e um sorriso enorme no rosto. Dar abraços não custa, não gasta energia, muito pelo contrário... Abraçar dá energia e traz felicidade”.

Não faltou o registo fotográfico, que se encontra disponível no Facebook da associação, no álbum “Free Hugs!”.

Esta ação realizou-se em com o apoio do IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P..

Agora Aveiro

05-05-2019