O mundo é a tua casa

A Agora Aveiro organizou um Training Course sobre migrantes e refugiados: “Home Away From Home”

© Helder Berenguer

Já alguma vez te questionaste sobre o que é preciso para mudares de país? E se tivesses de abandonar tudo e refugiar-te algures? O que sentem as pessoas que o fazem? O que as leva a tomar estas decisões? Que tem isto a ver comigo, de que forma me afeta? Acima de tudo, como podemos ajudá-las? 

Qual a melhor forma de responder a todas estas questões? Eis a receita escolhida pela Agora Aveiro:

Junta 25 pessoas com vontade de mudança, é importante que sejam de países diferentes, neste caso 6 países fazem o efeito. Leva-as para fora da sua zona de conforto com jogos, indagações, jornais fictícios.

Mostra-lhes o que já foi feito e podem replicar. Junta uma pitada de convidados especiais peritos no assunto. 

Por fim, bate tudo muito bem e leva a aprendizagem para a rua. Prova-lhes que é possível um grupo de desconhecidos tornar-se numa equipa em menos de 10 dias. Aliás, fá-los provar a si mesmos isso e, já agora, que conseguem criar um evento em 3 dias. Bibliotecas vivas em que estranhos se tornam mais próximos e um museu humano que invade as ruas de Aveiro. Ah! E claro, não te esqueças de partir a quarta parede do teatro, não gostamos de distanciamento. É isso.

O resultado? Só uma das melhores experiências e formas de transmissão de conhecimento.

Foi isto a formação internacional "Home Away From Home" da Agora Aveiro, que decorreu em Aveiro de 5 a 14 de outubro. Isto e muito mais. Durante 10 dias a Biblioteca Municipal de Aveiro tornou-se a "casa" de 25 participantes deste projeto financiado pelo Programa Erasmus+ e apoiado pela Câmara Municipal de Aveiro.

Os participantes estão agora prontos e motivados para reproduzir e aplicar o que aprenderam em Aveiro nos seus países, tornado as suas comunidades locais mais inclusivas e ativas no que toca a problemática de migração e refugiados. Para além disso, eles adoraram a nossa cidade e prometeram regressar um dia.

Este projeto foi financiado pelo programa Erasmus+.

Liliana Macedo

09-10-2019